XV Festa Internacional das Camélias – 2018

O Agrupamento de Escolas colaborou e marcou presença na XV Festa Internacional das Camélias, no passado dia 18 de março.  Esta festa tem vindo a crescer e a afirmar-se no panorama nacional e internacional e como tal, a nossa instituição escolar  tem vindo a acompanhar esse crescimento e a nossa colaboração com o passar dos anos  tem sido cada vez mais vincada.

Este ano, para além da decoração  das árvores e postes das ruas reaproveitando  as camélias de feltro confecionadas no ano transato,  pela 1ª vez, de uma forma inédita nesta terra, embelezámos  as principais avenidas, a da República, a João Pinto Ribeiro e a Rua Rodrigues de Freitas utilizando o efeito estético designado por “ramada”, onde sobressai a decoração com variados tipos de camélias mas colocadas de forma suspensa.

O Profº Daniel Almeida, de Artes Visuais, concebeu um modelo de camélia,  com armação feita em arame, para ser aplicada na Avenida da República, junto à Quinta do Prado,  de forma suspensa, com a particularidade de poder  ser eletrificada e  complementada com revestimento de material plástico colorido e translúcido.

Estas camélias em arame, foram executadas na oficina do município, e depois, foram todas revestidas pétala a pétala com muito carinho, trabalho e dedicação pelas funcionárias e algumas professoras do Centro Escolar de Celorico de Basto, com uma pequenina ajuda dos alunos que ao se aproximarem  destas obreiras,  movidos pela curiosidade,  pediram também para ajudar.

A título de curiosidade, foram construídas perto de 150 camélias de arame e o trabalho de revestimento constou de cerca de 2.000 pétalas.

Ainda, para esta Avenida da República, foram confecionadas 300 camélias em “roof mate” colocadas em 3 camadas e pintadas de várias cores que tiveram também uma pequena colaboração deste agrupamento de escolas.

A Rua Rodrigues de Freitas também conhecida pela Rua da Geada, uma das ruas centrais desta vila, na sua decoração teve camélias feitas de material plástico em 3 tons, com pétalas dispostas em camadas sobrepostas, num modelo da autoria da funcionária do Centro Escolar de Celorico, D. Manuela Gomes.

As camélias decorativas deste espaço foram executadas com a estreita colaboração da maioria dos Jardins de Infância deste concelho, de todos os Centros Escolares, da Escola Básica da Mota e Escola Secundária de Celorico.

Os funcionários e professores destes estabelecimentos dedicaram-se a cozer, franzir e colar a quantidade de 8 milhares de pétalas, que haviam sido, previamente, cortadas manualmente com a ajuda de um simples molde e um xis ato.

Num total, foram cortadas, cozidas, revestidas e coladas cerca de 10.000 pétalas para construir, só uma parte, das camélias que se encontram suspensas nas ruas de Celorico.

Foi tudo feito de forma artesanal e em muito pouco tempo, cerca de 1 mês!

Foi um trabalho exaustivo, de muita força de vontade, de muito empenho e dedicação por parte do nosso pessoal docente e não docente, que colaborou no embelezamento e engrandecimento desta festa das camélias. 

O Agrupamento de Escolas marcou presença, nesta festa, com um Stand no Mercado das Camélias, do Núcleo da Educação Especial, onde expuseram    trabalhos dos nossos alunos sob a orientação dos seus docentes.

Cerca de aproximadamente  meio milhar  de  alunos maioritariamente dos Ensinos  Pré Escolar (Jardins de Infância de Arnoia, Canedo, Celorico, Mota, Moreira, Borba e Carvalho)  e do 1º Ciclo do Ensino Básico ( Centro Escolar de Celorico, Mota e  Fermil ) e ainda,  a Escola Básica de Gandarela com alunos dos 2º e 3º ciclos, todos eles,   acompanhados por  professores e funcionários do nosso Agrupamento de Escolas,  participaram no Desfile Temático das Camélias e na Batalha das Flores, em estreita colaboração com os pais e encarregados de educação. As Associações de Estudantes das Escolas Secundária de Celorico e da Escola Básica da Gandarela disponibilizaram-se a marcar a sua presença neste Desfile.

Os vários grupos de alunos, desfilaram coreografados com alusão ao tema “em março a camélia é a rainha”. Uns confecionaram trajes novos, propositadamente, para este evento, outros, mais contidos, optaram por aproveitar modelos já usados no cortejo carnavalesco realizado em fevereiro passado, que foram readaptados com acréscimo de adereços decorativos onde imperaram as camélias.

Neste Cortejo Temático das Camélias, os pais e encarregados de educação desempenharam um papel fundamental autorizando e colaborando com as escolas do pré escolar e 1º ciclo, nos preparativos para o mesmo.

No próximo dia 24 de março, os alunos do Curso Profissional de Técnico de Restauração e Bar, irão servir um “coffee break” no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no âmbito da Homenagem ao Arquiteto Paisagista Ilídio Araújo.     

Apresentámos o nosso “muito obrigada” a todos os elementos docentes e funcionários(as) do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, que se prontificaram a dar um pouco da sua boa vontade e empenho para abraçar este desafio e o tornarem possível de concluir.

Apesar do mau tempo que se fez sentir que danificou algum material exposto, quem se disponibilizou e empenhou no embelezamento desta terra para a festa, sente a sensação do dever de colaboração cumprido e agradado por ter sido uma parte ativa, colaborante  e executante, no ano pioneiro da introdução da decoração aérea, com camélias suspensas em Celorico de Basto e na recriação centenária da batalha das flores.